Um pouco mais sobre FII: MXRF11

Olá, amigo. Hoje escreverei sobre algo mais específico. Vou tentar tecer comentários sobre o Fundo de Investimento Imobiliário MXRF11 – Maxi Renda FII, o primeiro FII que comprei.

Vou detalhar como ele opera, sua rentabilidade, o quanto recebi até aqui, e mais.

Fundos de Investimentos Imobiliários
Fundos de Investimentos Imobiliários é o que há

Aqui eu já comentei sobre minha escolhe nos FII, dê uma lida se ainda não viu.

O fundo

O MXRF11 é um fundo tipo Papel (lastreado em outros fundos ou em outros títulos, diferente do fundo tipo tijolo, que tem lastro em construções reais e “físicas” – me corrijam se estiver errado). Ele destina seus recursos à aplicação em CRI (Certificados de Recebíveis Imobiliários), LCI (Letras de Crédito Imobiliário), LH (Letras Hipotecárias) e outros FIIs.

O público-alvo do título são os investidores em geral. Visto que o fundo aplica seus recursos em outros fundos e em outros títulos, creio eu que apesar de a rentabilidade variar um pouco, o risco é menor que um fundo tipo tijolo, por exemplo, em consequência da sua variação de aplicações – dividir os ovos em várias cestas diferentes.

 

Informações gerais

O fundo é gerido pela XP Gestão de Recursos (XP Investimentos) e administrado pelo Citibank. A cota começou a ser negociada a R$100,00 e hoje (05/04/17) está a R$95,71.

Fundo de investimento imobiliário
Valor da cota MXRF11 hoje.

Taxas

O fundo cobra uma Taxa de Administração de 0,47% a.a. e Taxa de Performance de 0,30% a.a.

Não acho muito acima da média esses valores, já vi FIIs cobrarem 3% de taxas ao ano. Quando a Taxa de Administração fica até 0,50% a.a. tá valendo.

Rendimento

Comecei comprando o fundo em janeiro. Desde então eles vem distribuindo R$0,80 por cota, o que me rende aproximadamente 0,87% ao mês. Não é nenhuma maravilha, mas já bate a poupança. Isso sem contar os aluguéis recebidos, que podem ser usados na recompra de cotas.

Fontes

Plot twist: acabei aportando mesmo sem dinheiro, clique e saiba como

Desculpe o título sensacionalista hahaha. Esse dinheiro que descobri me deixou exaltado, fera.

Então, como disse aqui e aqui, esse mês as coisas estão um pouco arrochadas, o que me impediu de aportar. No entanto, descobri que tinha uma graninha na conta da corretora, dos rendimentos de meses passados.

Dinheiro
Eu quando lembrei que tinha dinheiro na conta da corretora

Espera que essa notícia foi tão boa que cabe mais um meme:

Dinheiro
Mascote do Mestre Poupador com um grande osso. Para ele, isso vale mais que dinheiro. (Cruzes, quantos mascotes você tem, MP? Todo post aparece um diferente…)

Onde reaportei o dinheiro

Então, meu caro e fiel leitor, fiz um TED da conta da corretora para minha conta pessoal. Entrei no carro e fui no hipermercado mais próximo e…

Dinheiro
…voilá: torrei tudo com álcool.

Sim, meu amigo. Saquei do meu patrimônio tão valorizado e bem cuidado para beber cerveja no carnaval! Acredite se quiser.

Afinal, o carnaval é época de folia, desapegar das coisas materiais e preocupar só se iremos voltar para a casa inteiros e sem nenhuma doença.

Só que não: meu dinheiro tá aqui

Gostaram da pegadinha? É óbvio que não tirei do meu patrimônio para beber cachaça, né? Reaportei o pouco dinheiro que tinha lá em um FII. Logo abaixo descreverei em qual.

Dinheiro
Multidão de leitores revoltados por terem caído na pegadinha. Todos acharam que o Mestre ia pegar o dinheiro da corretora e comprar cerveja. Seria um desacato aos fiéis do Mestre Poupador. Ainda bem que logo depois eles viram que era apenas uma pegadinha de mal gosto. Ufa!

Foi pouca grana, pois tive ainda que deixar um pouco lá para a corretora cobrar a taxa de corretagem, mas para quem não ia aportar nada, tá passando de bom.

Fundo de Investimento Imobiliário: onde pus meu dinheiro?

Meu dinheirinho esse mês foi para o FIXX11, de novo. Quis colocar mais uma graninha lá por que notei uma leve ascensão/estabilidade no valor das cotas de uns tempos pra cá.

Além disso, tô com muita grana em MXRF11. Não gosto de colocar todos os ovos na mesma cesta. Além disso, creio que, salvo engano, no dia 13/03 eles vão distribuir os rendimentos, daí é mais uma graninha para entrar. Yes!

Para quem quiser ver mais detalhes sobre esse fundo, clica.

Conclusão

Achei que não ia aportar, acabei aportando. Quando começo a desesperar, algo de bom acontece. O Mestre Poupador dá muita sorte, às vezes!

Enfim, aporte feito, mesmo que pouquíssimo, mas aporte feito! Agora é tocar o mês e esperar as granas dos trabalhos extras para aportar mais!

Um abraço, companheiro. Até a próxima!

Fechamento do mês de fev/17: despesas, receitas, aportes e mais

E aí, meu amigo, como vai?

Mais um post de encerramento de mês.

Como diria os Starks: segure-se, pois o inverno está chegando. No meu caso é a fatura do cartão de crédito. Mais detalhes abaixo.

Aperte o cinto.

Principais receitas

No mês de fevereiro eu recebi meu salário diminuído de um terço (como já comentei aqui). Por um descuido pedi o tal de “adiantamento de férias”, o que é um erro. Não façam isso em casa. Com esse adiantamento, recebi a mais em janeiro e a menos em fevereiro, o que deu um bug no meu planejamento.

Apesar de me preocupar bastante com planejar, prever, gerir e controlar, ainda erro muito e tenho que aprender com os erros, para tentar melhorar sempre. Enfim, um equívoco a menos para eu cometer no futuro.

O salário ainda é o carro chefe das minhas receitas. É o porto seguro e acredito que será por um bom tempo. As rendas extras e rendas passivas ainda estão engatinhando.

Principais despesas

Como despesas, mais do mesmo. Aluguel, gasolina, condomínio, internet, et cetera. Tudo dentro do orçamento, nenhuma surpresa que me quebrasse. O único ponto fora da curva foi a emissão de dois passaportes (meu e da dona onça), pois pretendemos viajar em breve. Apesar de eu ter passado os últimos dias do mês bem arrochado, tudo nos conformes por aqui.

Aportes

Acabei de receber meu salário e a maioria das contas foram pagas antes do vencimento. Aluguel, condomínio, etc.

A fatura do meu cartão de crédito veio muito alta, visto que irei viajar e já comecei a me preparar. Essa viagem me tirou um pouco do foco do planejamento e dos aportes, mas é importante salientar que viajar é investir: investir na sua saúde mental, na sua cultura, no seu sossego, no seu descanso.

Fechamento do mês
Fechamento do mês: mal começou e já tô sem grana.

Enfim, devido à viagem, até o momento não poderei aportar em nada, pela primeira vez em quase um ano.
Espero receber alguma renda extra até o final de março para aportar, e assim postar aqui, claro.

FII

O MXRF11 me rendeu R$ 18,40, um pouco a menos que mês passado. Todos meus FII (tenho grana em três) me renderam 1,24% (acredito que seja um rendimento regular para um beginner). Embora eu não vá aportar por enquanto, usarei a renda passiva para recomprar cotas de algum investimento. Ainda não decidi qual, mas acredito que eu vá explorar outro FII diferente.

Ganhos extras

Em fevereiro ganhei uma boa grana de honorários do meu serviço extra (freelancer em TI), além de um presente atrasado de Natal que serviu para fechar o mês sem ter que fazer retiradas. Ufa!

Estudos

Parei o inglês a fim de dar prazo para a fatura do cartão de crédito fechar. Além disso, preciso estudar uma terceira língua, provavelmente o Espanhol, para poder viajar com mais segurança e confiança em breve.

Obviamente, não estudarei as duas ao mesmo tempo. Assim que chegar de viagem retorno ao inglês. Em dezembro de 2017 estarei fluente.

Expectativas para mar/2017

Minhas expectativas não são nada boas. Os contratos de TI só serão pagos em abril (assim espero). Terei que passar o mês de março com meu salário (que é meu carro-chefe) e com uma alta despesa da viagem. De acordo com meu primeiro planejamento, talvez terei de fazer um pequeno saque da poupança. Mas não é certo ainda.

Posts mais lidos

Fechamento do mês
Cinco reais é muita grana pra mim rs

Fiz dois posts recentemente que renderam boas visitas. Falei sobre por que escolhi os FII e sobre como economizar no supermercado. Caso não tenha lido, veja agora.

Conclusão

O mês de março será fraco de aportes e terei que me segurar bem para não usar a poupança. Além disso, terei alguns gastos extraordinários, como médico, ração de cachorro, entre outros. Mas tudo dentro do planejado.

No entanto, estou muito bem preparado para essa tempestade e tenho certeza que passarei por ela sem nenhum precalço. Afinal, essa turbulência é uma turbulência planejada, pois a despesa maior, a qual me desestabilizou um pouco, foi justamente uma viagem de lazer, ou seja, algo planejado e buscado por mim.

Segue o jogo, não vou preocupar com isso não.

Ainda estamos em março e já notei muita coisa boa acontecendo na minha vida, devido a trabalho duro e foco.
Eu mereço investir um pouco em mim.

Até a próxima!

FII – Fundos de Investimentos Imobiliários: por que os escolhi

Olá amigos,

hoje vou falar um pouco sobre FII e por que os escolhi para investir, ok?

 

O que são FII?

Os FII são Fundos de Investimentos de Imobiliários. É quando um grupo de pessoas abastadas se juntam e constroem imóveis pelo Brasil. Depois eles dividem esses imóveis em cotas e põem na bolsa de valores (IBOVESPA) para vender.

Desta forma, qualquer pessoa física ou jurídica pode comprar cotas desse investimento, se tornando um dos “donos” dos imóveis.

Fundo de Investimentos Imobiliários: melhor que construir...
Por ser difícil que é melhor investir em Fundos de Investimentos Imobiliários

E, como qualquer imóvel, tem a chance de ganhar rendimentos mensais (aluguéis). Ou seja, é como se você comprasse uma casa e alugasse, só que melhor.

Quais são as vantagens dos FII?

Para mim, as vantagens são:

  • Praticidade: você compra as cotas do seu trabalho, da sua casa. De onde tiver internet, você acessa o Home Broker de sua corretora e faz as compras;
  • Você não precisa ser um expert em construção. Você deve ter uma noção de como funciona a bolsa e saber um pouco sobre economia e finanças, mas não precisa ser engenheiro civil, por exemplo;
  • Preço: você investe o quanto quiser. Tem fundos onde o aporte mínimo é R$100,00 somente;
  • Rendimento: todo mês você recebe um pouquinho na sua conta! Isso é motivador hahaha!

Como eu invisto em FII?

Bom, a princípio você deve criar uma conta em alguma corretora. Existem várias no mercado, você deve pesquisar e ver a que melhor se enquadra no seu perfil. Tem corretoras que cobram para operações em FII, outras não. Algumas não cobram para operações no Tesouro Direto, por exemplo. Fica a seu critério. Criar a conta é fácil, você envia os documentos pela internet mesmo, é tranquilo.

Eu faço da seguinte maneira: dias antes de receber meu salário eu dou uma olhada nos FII’s disponíveis no mercado. Eu olho no ranking do Investidor de Risco, que é muito bom. Vejo os que estão com um yield mensal e anual bons (eu uso os filtros para ordenar, facilita).

Feita essa primeira triagem eu vou no gráfico do fundo vejo seu desempenho nos últimos tempos (mês, ano, cinco anos, por exemplo). É só tacar o código do fundo no Google.

Depois eu olho se o fundo tem previsão para término (eu prefiro os indeterminados, que daí não preciso preocupar em vender cotas a princípio). Vejo também o investimento mínimo inicial (os que pedem R$5.000,00 de uma vez eu corro).

Além disso, é importante você ver a taxa de administração. Escolha um que te cobre em média até 0,5% a.a. Além disso eu acho caro.

Feitas as triagens, com o fundo já escolhido, é bom dar uma lida no seu regulamento. Ás vezes tem alguma surpresa por lá.

Depois disso, é só acessar o site da sua corretora, acessar o Home Broker e emitir a ordem de compra. Falando assim parece super fácil, mas não é. É difícil escolher um fundo para investir, principalmente para mim que sou 100% leigo. Pelo menos eu estou aprendendo.

Eu sugiro que compre poucas cotas no início, para ir sem ambientando.

Quanto eu já ganhei com FII?

Marta marcou um golaço ao investir em Fundos de Investimentos Imobiliários.
2% em FII? quero

Meu primeiro aporte foi em janeiro de 2017, após isso aportei mais duas vezes até o momento. Fiz o cálculo hoje e vi que minha rentabilidade está na casa dos 2,0% mês. Mas não se espantem, eu peguei uns fundos os quais estavam em uma maré boa. Não é sempre rentável assim.

Qual o risco dos FII?

Risco médio. É mais arriscado que os Renda Fixa da vida (FII é Renda Variável), mas é menos arriscado que a Bolsa, por exemplo. E o seu rendimento acompanha esse risco, é médio também.

Para quem está começando no mundo dos investimentos, e já conhece bem os paranauê da poupança e do TD, é uma tentativa para lucrar um pouco mais e aprender também.

Fundos de Investimentos Imobiliários: um assunto do cão!
O cão do Mestre Poupador preferiu aportar em rações do que em Fundos de Investimentos Imobiliários…

Conclusão

Amigos, é isso aí. Estou gostando dos FII. Além da graninha extra, que reinvisto, estou aprendendo muita coisa interessante.

Lembrem-se, dinheiro não é tudo. Conhecimento faz parte!

Espero ter sido claro. Como sempre digo, não gosto de me aprofundar demais para não ficar uma leitura chata.

Se alguém tiver alguma duvida deixe nos comentários aí.

Vamos aprendendo juntos.
Até a próxima!