Fechamento do mês de fev/17: despesas, receitas, aportes e mais

E aí, meu amigo, como vai?

Mais um post de encerramento de mês.

Como diria os Starks: segure-se, pois o inverno está chegando. No meu caso é a fatura do cartão de crédito. Mais detalhes abaixo.

Aperte o cinto.

Principais receitas

No mês de fevereiro eu recebi meu salário diminuído de um terço (como já comentei aqui). Por um descuido pedi o tal de “adiantamento de férias”, o que é um erro. Não façam isso em casa. Com esse adiantamento, recebi a mais em janeiro e a menos em fevereiro, o que deu um bug no meu planejamento.

Apesar de me preocupar bastante com planejar, prever, gerir e controlar, ainda erro muito e tenho que aprender com os erros, para tentar melhorar sempre. Enfim, um equívoco a menos para eu cometer no futuro.

O salário ainda é o carro chefe das minhas receitas. É o porto seguro e acredito que será por um bom tempo. As rendas extras e rendas passivas ainda estão engatinhando.

Principais despesas

Como despesas, mais do mesmo. Aluguel, gasolina, condomínio, internet, et cetera. Tudo dentro do orçamento, nenhuma surpresa que me quebrasse. O único ponto fora da curva foi a emissão de dois passaportes (meu e da dona onça), pois pretendemos viajar em breve. Apesar de eu ter passado os últimos dias do mês bem arrochado, tudo nos conformes por aqui.

Aportes

Acabei de receber meu salário e a maioria das contas foram pagas antes do vencimento. Aluguel, condomínio, etc.

A fatura do meu cartão de crédito veio muito alta, visto que irei viajar e já comecei a me preparar. Essa viagem me tirou um pouco do foco do planejamento e dos aportes, mas é importante salientar que viajar é investir: investir na sua saúde mental, na sua cultura, no seu sossego, no seu descanso.

Fechamento do mês
Fechamento do mês: mal começou e já tô sem grana.

Enfim, devido à viagem, até o momento não poderei aportar em nada, pela primeira vez em quase um ano.
Espero receber alguma renda extra até o final de março para aportar, e assim postar aqui, claro.

FII

O MXRF11 me rendeu R$ 18,40, um pouco a menos que mês passado. Todos meus FII (tenho grana em três) me renderam 1,24% (acredito que seja um rendimento regular para um beginner). Embora eu não vá aportar por enquanto, usarei a renda passiva para recomprar cotas de algum investimento. Ainda não decidi qual, mas acredito que eu vá explorar outro FII diferente.

Ganhos extras

Em fevereiro ganhei uma boa grana de honorários do meu serviço extra (freelancer em TI), além de um presente atrasado de Natal que serviu para fechar o mês sem ter que fazer retiradas. Ufa!

Estudos

Parei o inglês a fim de dar prazo para a fatura do cartão de crédito fechar. Além disso, preciso estudar uma terceira língua, provavelmente o Espanhol, para poder viajar com mais segurança e confiança em breve.

Obviamente, não estudarei as duas ao mesmo tempo. Assim que chegar de viagem retorno ao inglês. Em dezembro de 2017 estarei fluente.

Expectativas para mar/2017

Minhas expectativas não são nada boas. Os contratos de TI só serão pagos em abril (assim espero). Terei que passar o mês de março com meu salário (que é meu carro-chefe) e com uma alta despesa da viagem. De acordo com meu primeiro planejamento, talvez terei de fazer um pequeno saque da poupança. Mas não é certo ainda.

Posts mais lidos

Fechamento do mês
Cinco reais é muita grana pra mim rs

Fiz dois posts recentemente que renderam boas visitas. Falei sobre por que escolhi os FII e sobre como economizar no supermercado. Caso não tenha lido, veja agora.

Conclusão

O mês de março será fraco de aportes e terei que me segurar bem para não usar a poupança. Além disso, terei alguns gastos extraordinários, como médico, ração de cachorro, entre outros. Mas tudo dentro do planejado.

No entanto, estou muito bem preparado para essa tempestade e tenho certeza que passarei por ela sem nenhum precalço. Afinal, essa turbulência é uma turbulência planejada, pois a despesa maior, a qual me desestabilizou um pouco, foi justamente uma viagem de lazer, ou seja, algo planejado e buscado por mim.

Segue o jogo, não vou preocupar com isso não.

Ainda estamos em março e já notei muita coisa boa acontecendo na minha vida, devido a trabalho duro e foco.
Eu mereço investir um pouco em mim.

Até a próxima!

Da instabilidade financeira de fevereiro

Ô mêsinho complicado, galera. Vamos falar um pouco dele:

Fevereiro de 2017

Esse mês foi difícil. Apesar de ter somente 28 dias, para mim pareceu ter 280. Foram muitos gastos não planejados e, além de tudo, recebi 1/3 a menos do salário que ficaram retidos em janeiro por conta do adiantamento de férias. Tentarei explicar melhor no post de fechamento de mês.

Acredito que nunca tenha passado situação semelhante na vida, esse mês bati o recorde de aportes, acredito que seja por isso. Mas o mês chegou ao fim e o meu saldo em conta também. Não usei cheque especial nem pedi empréstimo, ÓBVIO, mas confesso que suei frio até meu salário cair na conta.

Meme antigo porém ouro
Eu em fevereiro. E em março.

Gastos e planejamento

Tive uns gastos “inesperados” com a emissão de passaportes da família (planejo viajar futuramente), além de umas saídas de casa (lazer) que passaram um pouco do limite. Mês que vem tentarei driblar isso.

Outro fator que contribuiu com essa seca foi meus altos aportes no início do mês. Isso evidencia um péssimo sintoma que ligou o meu alerta: estou planejando mal.

Preciso melhorar meus planejamentos mensais. Se for o caso, aporto menos, mas não passo esse apuro que passei na última semana do mês. “Apuro” é modo de dizer, por que tenho muitos recursos ainda, mas todos estão aplicados, e a minha política é nunca sacar dos investimentos.

No post de fechamento de mês irei explanar sobre os novos aportes (se eu for fazê-los né) e contar que esse mês também será arrochado, por que minha fatura de cartão de crédito virá gorda (de novo). No momento certo explicarei o porquê.

Jackie Chan recebe em dólar. Ele é trilionário, poderosíssimo!
Eu em fevereiro. E em março.

Como eu ia dizendo, meu planejamento foi péssimo nesse mês 2. E tudo indica que o mês 3 seguirá a mesma linhagem, e para piorar, sem aporte nenhum (mas é por uma boa causa, futuramente explico). A partir do mês 4 as coisas irão voltar a florir novamente. Tudo isso é devido a um fato inesperado porém muito querido que irá acontecer, e no post de fechamento detalharei mais. Não, não é um bebê.

Conclusão

Enfim, o que eu quero passar para vocês é: não façam como eu, que vacilei, e faça um planejamento mais rigoroso das suas RECEITAS x DESPESAS mensais.

Aporte menos, se necessário, mas não passe o resto do mês na “crise”.

Um abraço