“Como economizar”: todos os posts dessa categoria

Um dos carros-chefe do meu blog são os posts onde escrevo sobre como economizar com tal coisa. Já fiz um tanto bom desses posts, então vou adicionando eles aqui ao passo que for postando.

Posts
Algum meme qualquer apenas para ilustrar o post.

Se você é um visitante novo, aproveite para lê-los. Não gosto de escrever muito nos posts (walls of text), para tornar a leitura fácil e rápida para todos, e também por que não tenho muita prática ainda.

Enfim, tá aqui. Aproveitem:

Espero que gostem. Não deixem de comentar!

Como economizar no supermercado?

Saudações, fiel leitor,

hoje eu quero compartilhar com você um pouco da minha expertise em supermercados, ok? Espero que seja de valor para você.

O supermercado é mal

O supermercado é como se fosse um abatedouro. Os consumidores entram lá e saem com seu bolso triturado. Tudo dentro do supermercado é arquitetado minuciosamente para potencializar o seu consumo. Quer um exemplo? Itens da cesta básica (óleo, arroz, feijão, macarrão, café, pão, carne) ficam no fundo do supermercado. Para quê? Para você passar por todos os itens supérfluos e inúteis no caminho. Isso aumenta a chance de você fisgar um produto nesse meio-tempo.

Crianças x supermercados
Não tenho nenhuma ideia de pra que serve esse artefato amarelo elíptico mas vou levá-lo mesmo assim! Amo supermercado!

Supermercados são traiçoeiros. Deixam os produtos infantis nas prateleiras menores, justamente para os pimpolhos olharem mais facilmente. Além disso, várias embalagens vem com o personagem/mascote com os olhos desenhados de uma forma que a criança perceba que ele está a olhando. Conspiratório? Eu acho que não. (Outra dica interessante que lembre nesse ponto: se você tem filho pequeno e se tem a opção de não levá-lo as compras, não leve-o às compras).

Além das supracitadas, existem inúmeras artimanhas usadas nos mercados para aumentarem o lucro. Resta a nós ficarmos espertos e não cairmos nisso. É difícil, mas temos que pelo menos tentar fazer nossa parte.

E aqui vou dar uma dica mais manjada que nariz na cara, mas que ainda assim muita gente não a pratica: usar as fucking listas.

Já citei aqui e aqui sobre minha mania de organização, minimalismo e listagem de coisas. Tudo isso também se aplica à ida ao supermercado.

Faça lista de compras

É simples. Ainda na sua casa, anote o que você precisa. Vá ao mercado. Só compre o que está na lista. Pague. Volte.

Desafiador demais, correto? Teste você mesmo. Crie esse desafio e veja se consegue cumprir: só comprar o que tá na lista. É praticamente impossível.

Eu costumo alimentar minha lista de compras no decorrer da semana. Sempre que um item acaba, vou lá e anoto no Wunderlist. Não deixo para anotar tudo no dia de ir ao supermercado, pois corro o risco de esquecer alguma coisa ou inventar coisa demais para comprar.

Ah, uma outra dica já manjada também, mas importante: não vá ao mercado com fome. E isso se estende ao momento que você está fazendo a lista: se fizer a lista com fome, com certeza nela estarão itens como: doritos, nutella, bolacha, picanha, etc. Fique atento!

Coma primeiro, faça a lista depois!

Repeteco

Bem, acho que você já entendeu o espírito da coisa, vamos dar uma breve pincelada:

  • Não ir ao mercado sem uma lista de compras;
  • Preencher à lista no decorrer dos dias, não toda de uma vez;
  • Não preencher a lista com fome;
  • Não ir ao mercado com fome;
  • Tentar comprar somente o que está na lista – Dica Ouro, Desafio Master.

    Challenge accepted. lol
    Missão supermercado: desafio aceito.

Do desafio

Sabe quando aqueles YouTubers inventam os desafios, como:

  • Hoje eu vou encher minha banheira de água sanitária e passar a noite aqui, hue;
  • Hoje eu vou comer melancia com ketchup de cabeça pra baixo;
  • Hoje eu vou injetar heroína no pé e ver se dá onda;
  • Infinitas outras opções de chamar atenção.

Então, faça você mesmo seu desafio e vá ao supermercado com uma lista e compre somente o que estiver lá. Não vale trapacear.

Você vai chegar em casa tão leve! Te garanto! Menos dinheiro gasto, menos coisas para estocar, menos menos menos. Maravilha.

Conclusão

Faça uma lista de compras. Organize-se. Organize sua vida e suas finanças. Você só tem a ganhar.

O supermercado é uma máquina de sugar dinheiro, fique atento.

Caso consiga fazer isso, comente aqui e me conte. Quero muito saber.

Abraços!

 

Como economizar na compra do seu notebook?

Fala pessoal, como estão as coisas?

 

Hoje vou escrever a vocês sobre como fiz para trocar de notebook sem gastar tanto. Peguei, inclusive, uma máquina melhor.

Segue jogo…

 

O vício por gadgets

Conforme já citei em outro post, gosto muito da área de tecnologia, sou um estudante do assunto. Esse meu interesse sempre me despertou uma grande vontade de consumir novidades do mundo tecnológico. Já comprei Kindle, video-game portátil, troco frequentemente de notebook e celulares etc. Fico sempre antenado nas novidades.

O grande problema dessa incessante vontade de consumo é, obviamente, os gastos supérfluos e desperdício de grana.

Depois de perder rios e rios de dinheiro comprando coisas desnecessárias, fui aprendendo a lição, tanto que fiz esse blog. Enfim, atualmente sou bem mais consciente na hora de comprar novos gadgets eletrônicos.

Essa minha mentalidade poupadora veio na hora certa. Meu notebook começou a dar muita despesa com conserto. Ele não estava aguentando mais, já havia ido para o conserto duas vezes, a tela estava quebrada, o cooler parou de funcionar… tava difícil mantê-lo. Infelizmente, tive que optar pela compra de um “novo”.

O notebook antigo

Meu Dell antigo era uma máquina excelente. Comprei um preço justo e foi o melhor computador que tive. Com o tempo e o uso ele foi se desgastando aos poucos, e chegou num ponto que sua manutenção estava insustentável, e eu tinha risco de perder meus dados.

Com muito pesar eu tive que me desfazer dele e tentar adquirir um novo sem gastar muito.

Fiquei em alguns dilemas: comprar um usado ou um novo? Comprar um melhor, equivalente ou pior que o meu atual? Comprar um desktop?

Applebook laptop
Applebook do Mestre Poupador

Depois de muito pesquisar e cair na real que os preços de notebook estão um absurdo aqui no Brasil, optei por comprar um usado no Mercado Livre e, pasmem os senhores, fiz uma excelente compra!

O notebook “novo”

Comprei uma super máquina superior à minha atual, pela metade do preço do mercado. Foi uma ótima escolha. A máquina era usada mas nem parece, roda o sistema operacional muito bem e parece que vai aguentar o tranco. Paguei R$1.400,00.

Eu estou gostando mais desse notebook do que do antigo. O único porém é que a vida útil da bateria já foi-se embora, então ele tem que ficar plugado na tomada todo o tempo, mas isso não é problema pra mim pois eu uso notebook como um desktop.

Além disso, ele é um pouco mais pesado, mais parrudo, mas sem problemas também. Estou gostando bastante.

A venda do antigo

Cifrãozin
Mascote Poupador utilizando o novo-velho notebook. Procurando cheeseburguers.

Por sorte, vendi o meu antigo (estragado, porém usável) para um parente. Ele me pagou metade do preço do notebook que eu comprei. Ou seja, se pensarmos positivamente, tive 50% de desconto!

Conclusão

A dica é: se precisa comprar algo que é caro, pense se vale a pena comprar usado. Tem milhares de pessoas aí querendo se desfazer do que você precisa. Veja no Mercado Livre, OLX, eBay, AliExpress… tem muita opção. Tente vender o seu produto usado por la também, às vezes dá para descolar uma graninha!

Espero que tenham gostado dessa dica…

 

Um abraço e até a próxima

 

A feira: como economizar com alimentos?

Olá amigos,

 

hoje vou contar algo revolucionário que aconteceu com meu bolso: eu descobri a feira.

Feira, um refresco para seu bolso
Buzz Lightyear mostrando a feira

A pechincha

Nunca havia ido na feira da minha cidade até pouco tempo atrás. Quando fui, descobri algo inimaginável: você compra quilos e quilos de comida por apenas R$10,00. Isso mesmo.

Na feira, todos os alimentos são frescos. Além disso, é tudo muito barato. Aqui na minha cidade tem uma barraquinha que vende cada saquinho de legumes por R$1,00. Isso mesmo.

Com R$10,00 você compra coisas para duas semanas!

Batman na feira da fruta
Não dê essa bobeira na feira, por favor…

É até perigoso você comprar demais e depois os alimentos estragarem, então fique atento.

O grandioso mercadinho

É mais ou menos uns 3 quarteirões somente de barraquinhas. Além das frutas, verduras e legumes, tem barracas de queijo e derivados, temperos, remédios naturais. É muito bacana, e muito barato.

Descubra onde e quando é a feira na sua cidade para você economizar mais. Evite comprar esses itens em supermercados, na feira vale muito mais a pena. Se planeje para ir à feira a cada uma ou duas semanas e sua geladeira sempre vai estar cheia de comidas saudáveis e baratas!

Dica boa sobre a feira

Outra dica, não é a melhor opção você ir logo pela manhã. Os preços tendem a ser maiores. Caso você vá no final da feira, os feirantes estão doidos para desovar o estoque e acabam abaixando os preços.

 

Conclusão

Pessoal, esse post não ficou grande. Só quis mostrar pra vocês, novamente, o nosso mantra aqui:

É sempre possível economizar.

Tentem não comprar frutas, verduras e legumes no supermercado. Lá costuma ser um pouco mais caro. Caso a sua cidade tenha uma feira, e esta seja perto da sua casa, vale a pena perder um tempinho e ir lá comprar os alimentos frescos e mais em conta.

É isso aí, pessoal. Até a próxima!

Como economizar na anuidade do cartão de crédito?

E aí, pessoas,

 

hoje vou escrever brevemente sobre a anuidade do cartão de crédito.

Bom, se você, nessa altura do campeonato, ainda paga anuidade nos seus cartões, precisa ler esse post!

 

O que é anuidade do cartão de crédito?

Filhinhos, a danada da anuidade é um valor que você paga por ano (dããã) para “manter” seu cartão de crédito. O nome verdadeiro, da anuidade, segundo o manual dos bancos, é “Taxa obrigatória para aumentar a fortuna dos bancários sem nenhum retorno aparente”.

Essa taxa é cobrada na sua fatura, e você paga muitas vezes sem saber. Ela é dividida em pequenas parcelas justamente para passarem despercebidas… que maldade!

Enfim, os preços das taxas costumar variar bastante. Eu já cheguei a pagar R$180,00 por ano, mas quem tem cartões “TOP”, tipo black, platinum, gold et cetera, que sei que é bem mais que isso. Já vi anuidades de R$1.000,00.

Como me livrar da anuidade do meu cartão de crédito?

Simples, cancele seu cartão. Brincadeira. Na verdade, existem algumas formas.

A primeira, é você ligar lá e tentar negociar. Vários sites na internet explicam como fazer isso, mas é basicamente você simular que vai cancelar seu cartão até o último segundo, até eles oferecerem a anuidade grátis forever. Lol.

Outra maneira é trocar de cartão de crédito. E eu vou recomendar alguns aqui para vocês. Não fui pago para isso, infelizmente…

Como conseguir um cartão de crédito sem anuidade?

O primeiro que vem à mente de todos é o roxinho, nuBank. Sim, o danado é muito bom. Além de ter a anuidade grátis, você faz tudo pelo aplicativo.

Cartão de crédito roxo?
Calma, não é esse roxo que falei não! É o cartão de crédito…

Desde que consegui o meu, não uso mais nenhum outro cartão de crédito.

Você pode tentar pedir seu convite no site deles.

Outro cartão que vocês podem tentar conseguir é o da Saraiva. Eles também tem a anuidade grátis. Pedi o meu tem um tempinho, para ser algo como um backup do roxo, mas não me enviaram ainda, sei lá por quê.

Tem o cartão de crédito Citi, também. Tempos atrás eles me ligaram oferecendo um tal de Free For Life, e eu aceitei. O cartão chegou, fiquei um tempo sem usar e depois cancelei. Vocês podem tentar pedir um Free For Life também ,tentem por esse site aqui, ou pelo 0800.

Cartão de crédito do morcegão…

Outro que me veio à mente agora, é o Cartão Submarino. Este, a princípio, tem anuidade. Mas direto eles lançam promoções de “Anuidade grátis para a vida inteira”, então é bom ficar de olho…

Concluindo

Pessoal, economia nunca é demais. Deem uma olhada nas suas faturas e vejam se estão pagando anuidade ou não. Tentem renegociar com a operadora do cartão de crédito, peçam um cartão sem anuidade. Caso eles relutem, cancelem o cartão e peça um dos sem anuidade que citei acima.

Não gastem à toa. Poupem, poupem, poupem!

Um abraço…