Google Finance: iniciando a utilização dessa ferramenta

Google Finance
Google Finance: vale ou não a pena?

Por várias vezes eu citei o Google Finance no blog (aqui, por exemplo). É uma ferramenta que descobri há uns meses atrás, quando comecei a estudar mais sobre economia e finanças.

É uma ferramenta bacana. Mas ainda não tive tempo de usá-la e espremer até a última gota de todo o seu potencial.

Vou dar uma breve introduzida nela aqui nesse post. Aperte os cintos.

Google Finance, ou Google Financeiro em pt_BR, é, segundo a Wikipedia:

Um serviço que apresenta a informações sobre empresas incluindo suas últimas decisões e também suas ações com um código em JavaScript que permite a visualização das ações no momento. Foi lançado em 21 de Março de 2006 e atualmente está em versão beta.

Ou seja, é uma mão na roda para acompanharmos os gráficos das ações na bolsa. O ruim (talvez para poucos de nós) é que está em Inglês.

Página inicial do Google Finance

Google Finance
Google Finance: Início

Aqui na página inicial, como de praxe nos serviços Google, temos um painel de controle onde podemos visualizar a maioria das funções.

1 – Menu principal

Aqui no menu principal temos os links para as outras páginas da ferramenta, obviamente. Irei explicar cada uma delas aqui no post. Simples e minimalista, como todos os serviços Google. Como eu disse acima, está tudo em inglês, mas isso não costuma ser um grande problema.

2 – Favoritos

Aqui na barra lateral esquerda você pode definir suas letras “favoritas”. Salvando ali do lado fica mais fácil para você encontrar sua variação no dia, por exemplo. As que coloquei aí são algumas amostras para você entender como funciona. Tem tanto de ações de empresas (como Petrobras – PETR4) como Fundos de Investimentos Imobiliários (MXRF11, por exemplo).

3 – Top Stories

Em Top Stories você vê as notícias sobre mercado financeiro mais relevantes para aquele momento. Para quem opera na bolsa, principalmente em outros países, é muito interessante.

4 – Create a Portfolio

Aqui é um atalho para você criar um portfólio. Um portfólio é uma categorização para suas letras/títulos. Como se fosse uma pasta do seu computador. No portfólio você coloca as ações categorizadas da maneira como se enquadrar melhor para você. Por exemplo: “Empresas Brasileiras”, “Empresas Americanas”, “Fundos de Investimento”…

Essa função é uma mão na roda. Facilita a categorização.

5 – Portfolios

Aqui são listados seus portfólios já criados. Como padrão, o Google nomeia como “my portfolio”, mas você pode mudar para o nome que preferir.

6 – World Markets

Em World Markets tem uma síntese de como anda as principais bolsas no mundo.

Rolando a página para baixo ainda tem alguns gráficos da indústria e informações sobre as moedas do mundo. É bem completo.

Notícias do mercado

Google Finance
Notícias do mercado do Google Finance

O próprio nome já diz, não tem o que detalhar muito. As notícias do mercado financeiro movem as altas ou baixas das bolsas, fato. O nível de acompanhamento depende de cada investidor e de seu tempo para investir nos estudos.

Eu acho muito importante acompanhar as notícias, principalmente as relacionadas a empresas em que o investidor deseja ter (ou já tem) ações.

Os portfólios

Google Finance
Google Finance: detalhes do portfólio

Como eu disse acima, os portfólios são uma forma de categorizar suas ações/empresas da forma que lhe convier.

No número 1, temos a lista de todos os seus portfólios. No exemplo acima só temos um, chamado de “My Portfolio”. O número 2 da ilustração indica o nome do portfólio que está sendo visualizado. Para criar um novo portfólio, clique no botão indicado pelo número 3.

O que mais achei interessante são as notícias relacionadas ao seu portfólio (Número 4 da imagem). O Google automaticamente seleciona as novidades referentes as letras/ações que você tem salvo. Muito interessante.

As letras de a a f na imagem indicam os campos de dados relacionados às letras do portfólio. Podemos notar a existência do código, preço de abertura, maior e menor preço, etc. Bem útil também.

Google Finance
Google Finance: gerenciando seu portfólio

Para editar os dados do portfólio é simples. Use os botões e caixas de seleção indicados na imagem (números 1 e 2). Para adicionar novos códigos (empresas), use a caixa de diálogo no número 3.

No item número 4 é possível você criar um portfólio automaticamente dos seus favoritos da barra lateral. Google sendo Google.

O Stock Screener (q?)

Google Finance
Google Finance Stock Screener

Rá! Tive que googlar isso. Vivendo e aprendendo né? Segundo a Investopedia, Stock Screener é “uma ferramenta que os investidores e traders usam para filtrar ações baseados em métricas pré-estabelecidas pelo usuário.

Em suma, é um resumão das ações que cumprirem determinadas categorizações estabelecidas por você. Você define o yield e filtra, por exemplo.

Ainda não usei a fundo essa funcionalidade, visto que sou um investidor-aprendiz, mas pelo visto é bem bacana.

Conclusão

Amigo, o Google Finance é uma ferramenta e tanto. Tem muitas funcionalidades e, acima de tudo, possui o padrão Google de qualidade.

Mas…

acredito que, para você que esteja iniciando, não seja indispensável. É uma ferramenta a mais, para te ajudar a olhar mais detalhes de uma empresa ou outra, além de notícias bem filtradas, mas não passa disso.

Ainda não tive tempo de esmiuçar todos os detalhes da ferramenta, mas, a princípio, me pareceu totalmente dispensável, visto que quando eu quero procurar detalhes de um Fundo ou Ação, eu jogo direto na caixa de pesquisa padrão do Google e ele já me retorna as principais informações. Veja o exemplo:

Google Finance
Google Finance: dispensável para beginners.

Na imagem acima, ao simples digitar de PETR4, ele já me retornou muita coisa interessante sobre a empresa (vide gráfico).

Enfim, é bom, é um recurso a mais, mas obviamente não é a principal ferramenta que você vai utilizar.

Como já falei várias vezes, quem define tudo é você: o quanto quer aportar, onde irá aportar, em qual frequência e por quanto tempo. Tudo está na sua cachola. Todas as tecnologias que existem servem apenas de suporte e como “facilitador“.

Espero que tenham gostado do review.

Um abraço do MP.

Economia básica 3 – materiais para aprender: livros, blogs, podcasts, etc.

Olá,

dando continuidade na série de Economia Básica (veja a Parte 1 e a Parte 2), hoje vou relacionar aqui os todos materiais úteis para você que está entrando no mundo da economia, finanças e investimentos.

Lembrando que são materiais eu uso ou usei, e não significa que necessariamente vai ser bom para você. Além disso, todos os materiais são indicações minhas (opinião pessoal) e eu não sou especialista no assunto, tampouco tenho qualquer graduação ou certificação na área. Resumindo: são meros palpites.

Peço sugestões nos comentários!

Livros

Os Axiomas de Zurique

Já li e já resenhei aqui no site. Ótimo livro. Te dá aquela introdução boa, com uma linguagem simples, no mercado financeiro. Leia e anote os doze axiomas em um papel, pois corriqueiramente você se deparará com situações as quais você vai relembrá-los.

É um livro de cabeceira e um dos primeiros que você deve ler ao entrar no mercado de ações.

Eu gostei!

Os Segredos da Mente Milionária

Esse livro conta a história de um homem que, baseando nos ensinamentos do seu pai, dá dicas sobre o mercado financeiro. É interessante pois é uma história real de uma pessoa que errou e acertou muito ao especular em ações. Tem uma leitura fácil e de poucas páginas, acredito que você consegue lê-lo em um único dia.

Investimentos

Livro do Mauro Halfeld, que explica muito bem sobre os investimentos no Brasil. Apresenta dados, gráficos e estudos detalhados sobre o tema. É um livro mais técnico que os anteriores, mas também de fácil leitura. Recomendo.

Rápido e Devagar – as duas formas de pensar

Livros, blogs, podcasts
Livro que o Mestre Poupador lerá em breve

Esse eu ainda não li, mas é o próximo da lista. Nesse livro iremos entender como nosso cérebro funciona quando estamos fazendo compras (tanto de coisas como de ações. Compras no geral). Um lado do cérebro atua com a razão, e o outro lado com a emoção. Qual lado é o vinculado às compras? Por que compramos por impulso? Segundo as resenhas que li e ouvi, essas questões podem ser respondidas no livro.

Esse título é muito recomendado.

YouTube

Me Poupe

Canal muito bom. A Nathália explica coisas complicadinhas de forma rápida e divertida. Recomendo também verem a palestra dela no TED.

Com certeza esses é um dos maiores canais sobre finanças do Brasil.

Primo Rico

Mais sóbrio que o Me Poupe, mas igualmente bom. O Primo Rico explica e dá muita dica boa sobre vários temas de economia, finanças pessoais e investimentos. Frequentemente faz webnários ao vivo.

Ele também costuma entrevistar youtubers conhecidos e indagá-los sobre suas aplicações financeiras, etc. Veja lá!

Gustavo Cerbasi

Na minha opinião, um dos gurus de educação financeira no Brasil, ao lado do Halfeld. Canal profissional, simples e objetivo. Dá o recado com drops não maiores que 6 minutos. Um verdadeiro gerador de conteúdo.

Easynvest

Canal oficial da corretora Easynvest. Semanalmente eles apresentam webnários ao vivo sobre temas relevantes (FIIs, Ações, etc.). São vídeos grandes mas que valem a pena para quem está se iniciando nesse mundo.

Sites

FIIs.com.br

Esse site apresenta a relação da maioria dos FIIs da IBOVESPA (senão todos). Tem como filtrá-los por código, tipo, quantidade de cotistas, etc.

Tem todos os detalhes sobre os Fundos de Investimentos Imobiliários. Para quem aporta nessas letras, é uma mão na roda.

Google Finance

Um painel de controle para suas ações/fundos. Você pode pesquisar qualquer letra (do Brasil e de outras bolsas ao redor do mundo também) e adicioná-las ao seu próprio portfólio, para facilitar uma consulta posterior.

Muito interessante. Embora tenha várias funcionalidades, eu quase não acesso muito, pois não me interessa seguir os preços das ações diariamente (buy & holder).

Blogs

Além da Poupança

Um dos dinossauros da blogosfera brasileira de finanças, o blog tem muita coisa boa para ler. O que chamo atenção é para as suas planilhas de controle de patrimônio, que eu e vários outros blogueiros usam (eu adaptei para o Google Docs).

Blog do Corey

Outro blog bem tradicional da blogosfera. Posta semanalmente com assuntos polêmicos e muito interessantes. Seus textos são longos, mas prendem a atenção do leitor.Comento lá em quase todos os artigos.

Viver de Construção

Livros, blogs, podcasts
VdC rindo depois de ver seu saldo no AdSense.

Um dos meus favoritos. O VdC, como é conhecido, posta diariamente sobre assuntos gerais da sua vida (emprego, viagens, cuidados pessoais…), mas sempre pelo ponto de vista financeiro/econômico/profissional.

O VdC conta sobre sua jornada para ser promovido, suas viagens para o exterior, seus imóveis. É um dia-a-dia de uma pessoa comum que sonha em acumular patrimônio (e ele acumula!). Bem legal.

Meu 1 Milhão

Não é só um blog, é um portal, um site. M1M conta sua labuta para juntar esse valor de patrimônio. Dá dicas de ferramentas, investimentos e mostra gráficos. Sugiro a leitura!

Investidor de Risco

Nesse site que vejo o Ranking dos FII, já tinha citado ele aqui outro dia. Uma das referências quando se fala em FII. Tão bom, ou melhor, que o FIIs.com.br.

Gatinha Investidora – Investopedia

A GI estava em uma boa ascensão de acessos e notabilidade de seu blog, mas de repente ela diminuiu a frequência de postagens. Um dos posts que eu mais gosto dela é a Investopedia, vejam aí.

Apps

GuiaBolso

Já fiz um review dele aqui. Te ajuda a classificar e organizar suas receitas e despesas. Apresenta gráficos e oferece a opção de fazer um planejamento financeiro. É essencial.

Wunderlist

O app não é exclusivo para tratar finanças, economias etc. Ele é para fazer suas listas, aumentar sua produtividade e te ajudar a programar sua vida. A educação financeira e seu orçamento doméstico tá nesse bolo.

Renda Fixa

Livros, blogs, podcasts
Mascote do app.

Instalei ele há pouco tempo, ainda não tive prazo de testar suas funcionalidades, mas basicamente ele resume e apresenta as melhores taxas de Renda Fixa atuais no mercado. Vale a pena pois você ganha muito tempo ao procurar os melhores investimentos. Experimente e deixe um comentário.

Podcasts

Cerbasi

Citei o podcast do Cerbasi em um dos meus primeiros posts, sobre “estocar produtos”. O podcast dele vem com drops semanais, bem semelhante ao canal do YouTube. Para você que dirige muito ou não curte vídeos, é uma opção.

Halfeld

Livros, blogs, podcasts
O mito

Além do livro, o podcast do Halfeld é muito interessante. Ele grava diariamente para a CBN e responde dúvidas dos leitores/ouvintes. É um dos podcasts que mais gosto: é curto, objetivo e tem grande variedade de assuntos.

Conclusão

Espero que você goste dessa lista. Claro que ela não está restrita somente a esses itens, todos os dias aparece um ou outro que me chamam atenção, mas esses listados aí com certeza são os de mais destaque.

Tem alguma coisa para compartilhar com os outros leitores? Poste nos comentários!

Até a próxima!