Por que eu extraí os sisos e paguei por isso?


Olá amigos,

 

hoje vosso humilde narrador escreve com o rosto todo inchado. Sim, fiz a remoção dos sisos inferiores. Não, não estava inflamado nem tava me dando trabalho. Eu tirei, na verdade, sem nenhum motivo aparente. Ah, na verdade tinha um motivo: evitar riscos, evitar problemas futuros.

 

O que são os sisos?

Sisos são os dentes do juízo (hoje em dia ninguém mais os chamam assim…). São os últimos dentes a se desenvolverem na nossa boca, inclusive, devido à seleção natural/evolução, muitas pessoas já estão nascendo sem eles. Eles são inúteis, na maioria dos casos só servem para atrapalhar, infelizmente.

Sisos trolls
Sisos são os dentes mais trolls que existem.

Os sisos são os últimos molares. Estão lá no final da boca. Como eu disse, tem gente que nasce sem, tem gente que tem e não sabe e tem gente que tem muita dor de cabeça com eles.

Por que devemos retirar os sisos?

Não é obrigação de ninguém retirar os sisos. Você tira se quiser. Ou melhor, tira se o seu dentista indicar. Os sisos, por muitas vezes nascerem escondidos, tortos ou de forma errada (como eu disse, a evolução humana foi mudando no decorrer dos anos, e a nossa boca foi diminuindo, e todos os dentes acabaram por não caber mais), podem inflamar, podem virar uma colônia de bactérias e dar muito problema.

Caso os seus sisos inflamem, a chance de a anestesia não funcionar com eles assim é grande. Agora pensa a dor que deve ser!

Meu dentista me indicou a remoção. Dois anos atrás retirei os superiores. Dessa vez eu retirei os inferiores.

Como foi minha extração dos sisos?

Logo no final do ano passado eu agendei a primeira consulta. O médico disse que, na opinião dele, o recomendável era tirar para evitar infecções futuras (óbvio, é o trabalho dele). Decidi que ia fazer a remoção e já marquei os exames.

Depois de os exames feitos agendei a extração, ficou para esse ano.

O procedimento todo durou cerca de uma hora. Saí do consultório e já passei na farmácia para comprar os antibióticos. A recuperação está excelente.

Por que eu extraí meus sisos?

Tá, mas por que você extraiu os sisos? – Leitor Poupador

Seguinte, galera. Eu sempre fui meio paranoico com a questão risco. Sempre tento diminuir os riscos em tudo. Logo, eu quis retirar meus sisos para me prevenir de uma provável pericoronarite futura.

Era certeza que os dentes iam inflamar? Claro que não. Mas como eu disse, quis diminuir os riscos de um problema futuro. Imagina se tenho uma infecção cabulosa no meio de uma viagem, por exemplo.

É rasgar dinheiro ou é investimento? Para mim é investimento, por isso que optei por fazer.

Por que não extraí os sisos pelo plano de saúde?

No meu trabalho nós temos um plano de saúde odontológico mas eu não quis operar com os dentistas de lá. Tem um dentista na minha cidade muito bom que já operou alguns membros da minha família e optei por fazer o procedimento com ele mesmo. Estava mais confiante. O cara é um excelente profissional.

Não quis ter o medo e a preocupação de arriscar com um profissional que não conhecia.

Quis me livrar de dores de cabeça = consciência tranquila. Mesmo que fosse na contramão do meu dinheirinho.

Quanto foi minha extração dos sisos?

Vamos ao que interessa, né?

Primeiramente, fiz um raio-x: R$60,00;
Com o raio-x em mãos, o dentista disse que meus dentes eram de uma categoria meio difícil de extrair, então tive que fazer uma tomografia: R$240,00;
Procedimento cirúrgico em si: R$1.480,00 (detalhe, paguei a vista e ganhei 5%);
Remédios: R$73,00.

Total: R$1.853,00 mais pobre, mas com uma dor de cabeça a menos.

O fato é que o dinheiro não é tudo. A consciência também faz parte. Tirei os danados dos sisos, estou tranquilo, não tive que retirar esse valor do meu patrimônio, estava tudo planejado e dentro do orçamento, os aportes do mês já foram feitos e não vou me preocupar com isso nunca mais na vida. Tem coisa melhor?

Conclusão

A palavra chave é RISCO. Como eu disse acima, era certeza que meus sisos iam inflamar? Não! Mas não posso viver com essa preocupação, concordam?

O lance é gerenciar os seus riscos. A vida é um gerenciamento de riscos. Se você quer arriscar e não tirar esses dentes mas guardar 2k na conta, ótimo. A escolha é pessoal! Eu escolhi ser precavido.

Pensem bem nas suas escolhas, leitores. Optem sempre pelo caminho que trará menos dor de cabeça e preocupação. Optem pelo simples, optem pelo fácil, optem por uma vida sem preocupações.

Extraia os sisos gente
“Opte por uma vida sem preocupações. Retire seus sisos.” POUPADOR, Mestre. 2017.

 

Essa é a dica do post de hoje.

Um abraço e até a próxima!

CompartilharTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone