Vale a pena pagar caro em coisas de mais qualidade?


Olá meu amigo, hoje vou tentar expressar minha opinião sobre um assunto que divide muito as pessoas: vale a pena pagar caro em coisas de mais qualidade, que dure mais, ou é melhor pagar barato em uma coisa não tão confiável (o famoso “o barato sai caro”)?

Quero sua opinião nos comentários, hein!

Primeiramente, temos que por em mente que uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa, completamente diferente. Comprar coisas caras não é indicativo direto de qualidade. E comprar coisas baratas também não indica porcaria. O poder está nas nossas mãos; nós é que temos que definir o que vale a pena e o que não.

Coisas caras: boas x ruins

Alguns objetos precisam ser de boa qualidade, por trazer mais uma vida mais segura ou confortável para nós. Nesse caso, vale a pena gastar um pouco mais.

Quais objetos são esses? É você que tem que decidir. O segredo está no seu discernimento, pois você é quem tem controle da sua vida e suas atitudes. Mas aqui vão alguns exemplos:

Carro

O carro não precisa ser necessariamente caro, mas precisa estar em ótimo estado de conservação (o que, aqui no Brasil, infelizmente indica ser caro). Um carro bom evita manutenção em excesso e te dá segurança e conforto em viagens. Um carro ruim (barato) só te dá dor de cabeça.

Ah, mas eu não tenho dinheiro para comprar carro, MP!

Então, busque alternativas. Talvez uma bicicleta resolva seu problema até você juntar dinheiro. Ou uma moto, ou o transporte público. O que não vale é pagar rios de dinheiro em juros do financiamento.

Tênis

O tênis é outro item que, eu, acho que se pode investir um pouco mais. Não que seja necessário comprar um de R$700,00, mas um tênis entre R$250,00 e R$300,00 acho que é de boa qualidade. Não vale a pena calçar porcaria que acaba rapidamente, e te faz voltar na loja em 3, 5 meses. Evite a dor de cabeça, economize seu tempo (produtividade, lembra?).

Escova de dente

Pagar caro sim!
Pagar caro em 5460 cerdas?

Eu pago caro em uma escova de dente e vou comentar sobre isso no blog futuramente. Acredito que a saúde bucal é essencial e evita muita dor de cabeça no futuro.

Coisas baratas: porcarias x achados

Por outro lado, tem muita coisa barata que vale a pena sim, como tem também aquelas porcarias. Faça uma análise e veja o que se encaixa no seu cotidiano ou não. Alguns palpites:

Produtos de beleza

Não acredito que valha a pena gastar muita grana com perfume, creme, shampoo etc. Se esses itens forem de qualidade razoável já é suficiente. Nada de marcas luxuosas francesas etc. Compre o básico que terá praticamente o mesmo efeito.

Desodorante

Já citei bem minha opinião aqui.

Roupas

Dependendo da peça, é melhor pagar barato e pegar um item de qualidade razoável. A calça jeans que você usa todo dia para trabalhar? Compre uma barata, já que vai ser a guerreira da semana e você terá que trocar rapidamente de qualquer maneira.

Terno? Você usará 1 vez ao ano e olha lá. Não abuse, compre um básico por R$200,00 no máximo. Ou alugue um quando precisar (na verdade essa é a melhor opção).

 

Alimentação

Se come tão bem por tão pouco: acredite nisso. Nada de se esbaldar em bares caros ou com fast-foods. Tente viver simples e fazer sua comida em casa, ou comprar em um restaurante popular bem barato. Deixe para gastar mais com alimentação quando for em algum happy-hour da firma ou sair com a namorada. Viva simples.

 

Pirataria

Pagar caro não!
Pagar caro ou piratear? Pague caro, ou não pague. Piratear, não!

Uma coisa a se destacar é: para pagar barato não é necessário piratear. Não pirateie. Não use cheats.

Conclusão

Tente achar seu próprio meio-termo. Veja quais itens tem que ser de ótima qualidade, e quais você pode pagar um pouco mais barato que não fará problema.

O lance é, não abuse do seu dinheiro, do seu patrimônio. Tente viver bem com o que tem, poupando sempre.

Abraço!

CompartilharTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

8 Comentários

  • Maestro Investidor (#)
    10 de março de 2017

    Cara, coincidentemente tenho pensado sobre esse assunto. O tênis cara, se for comprar um olímpicos de R$ 80,00… é igual madeira… Outra coisa que você pode incluir é cama. A gente dorme todos os dias… uma cama de qualidade é outra vida… Parabéns pela escolha do assunto. Abraço.

    • Editor Poupador (#)
      10 de março de 2017

      Exatamente, MI!

      A cama é essencial, importantíssimo que ela seja de boa qualidade. Sono é importante!

      Abraço e obrigado pela visita.

  • Enriquecimento Progressivo (#)
    10 de março de 2017

    Também acho que depende muito do tipo de produto. No meu caso, carro é algo de que não gosto e não quero ter, portanto vou, em breve, pagar um pouco mais caro, numa bicicleta de qualidade para o meu dia a dia. Ano passado paguei R$ 400,00 num tênis e não me arrependo, porque eu precisava de um adequado a atividades físicas de alto impacto, caso contrário possivelmente causaria danos ao meu joelho. Livros digitais: sempre faço questão de pagar por eles, pois acho uma baita sacanagem piratear livros de escritores que vivem disso, independe de serem livros de autores consagrados ou não.

    Enfim, é usar o bom senso e saberr dar o devido valor ao seu dinheiro.

    • Editor Poupador (#)
      10 de março de 2017

      Isso aí, EP!

      Obrigado pelo comentário.

      temos sim que ter bom senso sempre, não abusar do nosso patrimônio e não piratear.

      Abraço

  • Blog Viver de Construcao (#)
    11 de março de 2017

    Bom post MP e vc esta no meu blogroll,.deu certo finalmente.

    Algumas coisas como roupa eu aprendi q vale a pena pagar mais caro pois duram mais.

    Tenis concordo contigo,.escova.

    Temos que buscar o melhor custo beneficio sempre.

    Abraço

    • Editor Poupador (#)
      11 de março de 2017

      Meu amigo, que bom que deu certo, rsrsrs.

      Isso aí, melhor C x B sempre!

      Abraço e obrigado pelo comentário.

  • Lucio (#)
    12 de março de 2017

    Gostei.