Freeletics ou “como economizar ao fazer exercícios físicos”?


Olá amigos,

 

hoje vou passar para vocês uma dica bacana. Dica de saúde e de finanças. É um aplicativo que meu irmão me recomendou e, por enquanto, está sendo ótimo para mim.

Meu histórico de exercícios físicos

Nunca gostei de malhar (no sentido de musculação, academia). Sempre preferi outros esportes, principalmente o futebol (futsal). Artes marciais também gosto bastante. Em uma época da minha vida eu estava fazendo boxe três vezes por semana e ainda jogava futsal aos sábados.

Recentemente me mudei para uma cidade (bem) maior, e a praticidade ter lugares próximos para treino e conhecer muita gente ficaram pra trás. Aqui na nova cidade, ninguém do pessoal do meu trabalho gosta de futsal, apenas futebol society. Não é pra mim. A arte marcial (boxe), além de ser um pouco mais caro, é distante da minha casa. Meu TOC por economia/gerenciamento de tempo não permite eu gastar mais de hora no processo trocar de roupa – pegar trânsito para ir – treinar por uma hora – pegar trânsito para voltar – tomar banho para tirar a nhaca.

Até arrisquei fazer 5km de running por dia. Mas não adianta, eu não pego firme. Se não for conveniente para mim, eu abandono mesmo.

Eu precisava de algum exercício físico que:

a. Seja rápido
b. Seja eficiente
c. Seja barato
d. Seja perto de casa

Achei.

 

O aplicativo

Meu irmão (aka Líder Prata) me apresentou algo inovador. No estilo Polishop ou Walter Mercado mesmo: “vai mudar sua vida”, “você nunca mais será o mesmo”.

Ele já havia me falado umas dez vezes, mas nunca dei muita bola por que na época estava praticando o boxe + futsal.

O aplicativo se chama FREELETICS.

 

Ligue djá mpzin
Walter Mercado sugerindo que o Mestre Poupador passe a jogar basquete: “a bola é desse tamanho”, teria dito. (MANDATORY CREDIT: ASTROMUNDO INC, RAMON FELICIANO)

 

Instalei o app e treinei por um mês (de graça, como teste) utilizando sua metodologia.

Basicamente, o Freeletics usa o conceito de Body Weight (peso corporal) nos seus exercícios. Você pratica usando o próprio corpo. São raros os exercícios que você precisa de barra, ou de algum espaço a mais. Ou seja, eu poderia treinar em casa, no meu escritório, apenas com meu corpo (que é bem pesadinho).

É mágico!

 

O preço

Depois do período de testes eu decidi: vou comprar. Gostei do negócio. Eu fazia os exercícios em casa mesmo, em algo em torno de 30 minutos. Suava demais e ficava exausto. Era o que eu queria!

Eu paguei em dólar, deu R$179,00 quando convertido, pela licença de um ano. Eles chamam de coach. O app pega informações sobre você e os seus objetivos, e elabora um plano de treinamentos personalizado.

Tem outros valores, mas preferi pagar o de um ano que sai mais barato.

 

Vantagens

Com o Freeletics eu treino o horário que eu quero. Eu estipulo uma meta no app e o coach faz todo o trabalho pesado: especifica quais exercícios e a quantidade de séries. Atualmente faço 4 vezes na semana.

Além disso, ele tem foco na sua saúde cardiovascular e no desenvolvimento da sua força. Eu já notei diferença no meu físico (emagreci um pouco) e na respiração.

Em um espaço 2×2 metros você pratica quase todos os exercícios, tirando os que exigem running, óbvio.

A maioria das séries você faz em pouco tempo, e transpira muito, fica muito cansado.

Vamos falar de coisa boa?

Cálculos

Boxe

R$179,00 por mês + gastos com combustível: aproximadamente R$2.200,00 por ano.

Futsal

R$10,00 por partida + combustível + tênis: aproximadamente R$1.150,00 por ano.

Freeletics

R$179,00 por ano.

Economia

De R$3.350,00 para R$179,00: R$ 3.171,00 ou 94% a menos.

Conclusão

Pessoal, pra mim esse tipo de exercício está sendo muito proveitoso. Além de todos os benefícios que um exercício faz, eu estou gastando pouco e perdendo pouco tempo (se é que podemos chamar exercício físico de perda de tempo, né).

Ache o melhor esporte pra você, mas não abuse do seu bolso. Tem academias por aí que cobram quase R$300,00 por mês, absurdo!

Fica a dica aí!

Até a próxima!

CompartilharTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

2 Comentários

  • Viver de Construção Blog (#)
    5 de fevereiro de 2017

    Fala MP!

    Por que não gosta de society? Eu prefiro society do que quadra de futsal, mas jogo os dois.

    Esta mandando bem na saúde, o que importa mesmo é exercitar, ficar parado não dá.

    Se lhe atendeu, foi um ‘aporte’ muito bem feito.

    Abraço

    • Editor Poupador (#)
      5 de fevereiro de 2017

      E aí, meu amigo VdC!

      Gostar eu até gosto, mas por não ter jogado muitas vezes na vida eu sou meio perna de pau. É bem diferente do futsal hehehehe.
      Na quadra fico mais “à vontade” hahaha…

      Mas isso aí, o que importa é não ficar parado.

      Obrigado pela visita… abs!