FII – Fundos de Investimentos Imobiliários: por que os escolhi


Olá amigos,

hoje vou falar um pouco sobre FII e por que os escolhi para investir, ok?

 

O que são FII?

Os FII são Fundos de Investimentos de Imobiliários. É quando um grupo de pessoas abastadas se juntam e constroem imóveis pelo Brasil. Depois eles dividem esses imóveis em cotas e põem na bolsa de valores (IBOVESPA) para vender.

Desta forma, qualquer pessoa física ou jurídica pode comprar cotas desse investimento, se tornando um dos “donos” dos imóveis.

Fundo de Investimentos Imobiliários: melhor que construir...
Por ser difícil que é melhor investir em Fundos de Investimentos Imobiliários

E, como qualquer imóvel, tem a chance de ganhar rendimentos mensais (aluguéis). Ou seja, é como se você comprasse uma casa e alugasse, só que melhor.

Quais são as vantagens dos FII?

Para mim, as vantagens são:

  • Praticidade: você compra as cotas do seu trabalho, da sua casa. De onde tiver internet, você acessa o Home Broker de sua corretora e faz as compras;
  • Você não precisa ser um expert em construção. Você deve ter uma noção de como funciona a bolsa e saber um pouco sobre economia e finanças, mas não precisa ser engenheiro civil, por exemplo;
  • Preço: você investe o quanto quiser. Tem fundos onde o aporte mínimo é R$100,00 somente;
  • Rendimento: todo mês você recebe um pouquinho na sua conta! Isso é motivador hahaha!

Como eu invisto em FII?

Bom, a princípio você deve criar uma conta em alguma corretora. Existem várias no mercado, você deve pesquisar e ver a que melhor se enquadra no seu perfil. Tem corretoras que cobram para operações em FII, outras não. Algumas não cobram para operações no Tesouro Direto, por exemplo. Fica a seu critério. Criar a conta é fácil, você envia os documentos pela internet mesmo, é tranquilo.

Eu faço da seguinte maneira: dias antes de receber meu salário eu dou uma olhada nos FII’s disponíveis no mercado. Eu olho no ranking do Investidor de Risco, que é muito bom. Vejo os que estão com um yield mensal e anual bons (eu uso os filtros para ordenar, facilita).

Feita essa primeira triagem eu vou no gráfico do fundo vejo seu desempenho nos últimos tempos (mês, ano, cinco anos, por exemplo). É só tacar o código do fundo no Google.

Depois eu olho se o fundo tem previsão para término (eu prefiro os indeterminados, que daí não preciso preocupar em vender cotas a princípio). Vejo também o investimento mínimo inicial (os que pedem R$5.000,00 de uma vez eu corro).

Além disso, é importante você ver a taxa de administração. Escolha um que te cobre em média até 0,5% a.a. Além disso eu acho caro.

Feitas as triagens, com o fundo já escolhido, é bom dar uma lida no seu regulamento. Ás vezes tem alguma surpresa por lá.

Depois disso, é só acessar o site da sua corretora, acessar o Home Broker e emitir a ordem de compra. Falando assim parece super fácil, mas não é. É difícil escolher um fundo para investir, principalmente para mim que sou 100% leigo. Pelo menos eu estou aprendendo.

Eu sugiro que compre poucas cotas no início, para ir sem ambientando.

Quanto eu já ganhei com FII?

Marta marcou um golaço ao investir em Fundos de Investimentos Imobiliários.
2% em FII? quero

Meu primeiro aporte foi em janeiro de 2017, após isso aportei mais duas vezes até o momento. Fiz o cálculo hoje e vi que minha rentabilidade está na casa dos 2,0% mês. Mas não se espantem, eu peguei uns fundos os quais estavam em uma maré boa. Não é sempre rentável assim.

Qual o risco dos FII?

Risco médio. É mais arriscado que os Renda Fixa da vida (FII é Renda Variável), mas é menos arriscado que a Bolsa, por exemplo. E o seu rendimento acompanha esse risco, é médio também.

Para quem está começando no mundo dos investimentos, e já conhece bem os paranauê da poupança e do TD, é uma tentativa para lucrar um pouco mais e aprender também.

Fundos de Investimentos Imobiliários: um assunto do cão!
O cão do Mestre Poupador preferiu aportar em rações do que em Fundos de Investimentos Imobiliários…

Conclusão

Amigos, é isso aí. Estou gostando dos FII. Além da graninha extra, que reinvisto, estou aprendendo muita coisa interessante.

Lembrem-se, dinheiro não é tudo. Conhecimento faz parte!

Espero ter sido claro. Como sempre digo, não gosto de me aprofundar demais para não ficar uma leitura chata.

Se alguém tiver alguma duvida deixe nos comentários aí.

Vamos aprendendo juntos.
Até a próxima!

CompartilharTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

8 Comentários

  • Blog Viver de Construcao (#)
    9 de fevereiro de 2017

    Ola MP.

    Bacana o tema e sua rentabilidade esta otima.

    Um abraço

    • Editor Poupador (#)
      10 de fevereiro de 2017

      Valeu, VdC.

      Claro que não é sempre assim, hehehe, mas tá boa mesmo!

      valeu, abraço

  • Anônimo (#)
    10 de fevereiro de 2017

    Não entendi a classificação, risco médio como chegou nesta conclusão?

    • Editor Poupador (#)
      11 de fevereiro de 2017

      Olá!

      É apenas um palpite pessoal. Classifiquei como risco “médio” pois é mais arriscado que a poupança (risco baixo) e menos arriscado que as ações na bolsa (risco alto).

      Entendeu?

      Um abraço e obrigado pela visita.

  • KB Investimentos (#)
    15 de fevereiro de 2017

    MP,
    Segundo seus critérios, você olha o gráfico do fundo para comprar os que estão em queda ou em alta?

    Abraço.

    • Editor Poupador (#)
      15 de fevereiro de 2017

      Olá KB!

      Eu olho o gráfico para ver se não tem grandes oscilações. Para mim não importa muito se está em alta ou em queda (meu objetivo não é trade e sim buy and hold saca), e sim se o yield mensal e anual estão bons.

      Obrigado pela visita!

      Abraço

  • Maestro Investidor (#)
    8 de março de 2017

    Opa colega, também estou nessa de investir em FIIs e também comecei em janeiro. Porém, já estudo os FII há um ano. Só agora tive coragem de começar e ainda assim, com pouco dinheiro rs… Pretendo ir gradualmente aumentando os aportes. A minha rentabilidade também está excelente, pena que estamos em alta e então, não sei até quando isso vai se manter. Seria legal você divulgar a sua carteira, mesmo que não tenha muito dinheiro (a minha tem apenas R$ 1.000,00 rs…). Abraço!

    • Editor Poupador (#)
      8 de março de 2017

      Fala, MI!

      Então, tô criando coragem para postar minha carteira sim. Quem sabe no fechamento do mês de março faço isso, boa sugestão!
      Eu também tenho pouco.

      Até o momento estou gostando dos FII’s! Todo dia estudo um pouco rsrs.

      Abraço!