Economia básica 1 – a SELIC: o que é, para que serve, sua influência e mais


Olá amigos,

 

hoje dou início a um pequeno projeto aqui no blog: vou tentar explicar alguns termos chatinhos sobre economia e finanças. É importante destacar que eu não tenho formação nessa área. Sou apenas um estudante do assunto. É um hobby, um interesse. Logo, muita coisa que eu escrever aqui pode estar distorcida (essa é a hora que vocês me ajudam comentando e me corrigindo).

O post de hoje é sobre a SELIC. É apenas um breve resumo para introduzi-los no assunto (e me forçar a estudar mais).

Bora.

 

O que significa SELIC?

SELIC é uma sigla para Sistema Especial de Liquidação e Custódia. Foi criada em 1980 e é de propriedade e responsabilidade do Governo Brasileiro.

O que é a taxa SELIC?

SELIC e a Taxa SELIC, embora usemos como sinônimos, são coisas diferentes. “O” SELIC é o nome do sistema (vide a sigla), já “a” SELIC refere-se à Taxa Referencial SELIC. Quando falamos usualmente “a” SELIC, estamos falando dessa taxa.

Nesse artigo, focaremos na Taxa SELIC.

Dureza hein SELIC
Gráfico simplista sobre a SELIC

A taxa SELIC é o valor (determinado pelo Governo, via COPOM) é a taxa básica de juros da economia do Brasil. Serve de referência nos empréstimos entre bancos e também nas aplicações em títulos públicos.

Como a taxa SELIC é calculada?

A SELIC é calculada observando-se a média dos juros das operações interbancárias (custo dos empréstimos de banco para banco).

Para que serve a taxa SELIC?

Basicamente, a taxa SELIC serve para controlar a economia. Se ela está alta, o Governo visa (mas nem sempre consegue) diminuir o consumo (SELIC alta = empréstimos caros = menos empréstimos = menos dinheiro rolando). Se ela abaixa, o Governo quer incentivar o consumo, o que aumenta a inflação.

O que é COPOM?

Comitê de Política Monetária. É o clubinho de economistas que definem qual a taxa da SELIC para aquele determinado período de tempo, baseado nas estratégias econômicas definidas pelo Governo. As reuniões do COPOM ocorrem várias vezes ao ano (em média a cada 45 dias).

Por que a SELIC influencia a minha vida?

Porque é na SELIC que se baseiam os juros do seu banco (para empréstimos, poupança…), alguns títulos públicos e também os índices de inflação. Ou seja, a SELIC influencia sua vida por que define o preço de quase todas as coisas.

Onde eu descubro mais coisas sobre a SELIC?

conte-me mais sobre a SELIC, humano
Mascote do nosso sítio, Cifrãozinho

O lugar mais confiável e indicado é o site do Banco Central. Lá você também pode acompanhar as variações da taxa.

Conclusão

Pessoal, o objetivo do post não é ministrar uma palestra, tampouco enchê-los de dados, gráficos, histórico, etc. O objetivo é passar um breve resumo, um pontapé inicial para quem gosta do assunto e quer seguir estudando.

Sei que ficou bem raso, mas a intenção é de não passar nada denso nem complicado demais.

Espero que tenham gostado. Em breve postarei mais sobre o assunto.

Até a próxima!

CompartilharTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone