Corretora: qual eu uso nos meus investimentos?


Quando comecei a me aventurar no mundo das economias eu comecei pela porta de entrada, o Tesouro Direto. Claro que eu tinha investimentos na poupança (que até então era o único lugar que, na minha cabeça, era investimento. Ledo engano de um jovem poupador), mas vou comentar a contar a partir do momento que abri meus olhos e acordei.

Pesquisando um pouco sobre o TD e ainda inseguro, para não ter que aprender tanto e começar com um ambiente amigável para mim, eu optei pela Itáu Corretora.

Por que a Itaú Corretora?

Por que, como eu disse acima, eu queria um ambiente amigável e que eu não precisasse pesquisar muito a respeito. Eu já tinha conta no Banco Itaú e usava muito o Internet Banking. Em uma corretora da mesma empresa eu acreditava que o ambiente gráfico (e a confiabilidade) seriam semelhantes. E realmente foram. Bom pra mim.

À época eu não sabia nada:

  • Não sabia como comprar
  • Não sabia como vender
  • Não sabia calcular quando me renderia
  • Não sabia que tinha taxas de administração
  • Não sabia que tinha que abrir uma conta na BMF BOVESPA

Eu entrava no site, fazia as compras e saía. Um noobão de última categoria, tem base? É claro, como tudo na vida, temos que tirar lições. E eu tirei, mesmo sem saber. Mexendo e fuçando e aprendi aos poucos os meandros do mercado financeiro. Além disso, quanto mais surgiam dúvidas, mais eu pesquisava.

Aí foi despertando meu interesse pelo assunto. Comecei a ler mais, ver mais vídeos, assinar podcasts, me informar sobre economia e finanças. Já publiquei aqui um rol de conteúdo que já consumi e ainda consumo sobre esses temas.

A outra corretora

O temo foi passando e descobri que a Itaú Corretora me cobrava umas taxas que outras corretoras não cobravam. Descobri que a Easynvest não tinha taxas para aportes no Tesouro Direto, e as transações em outras modalidades tinham um preço razoável. Isso despertou meu interesse.

Fiz minha conta na Easy e a partir daí meus aportes são feitos por ela. Por enquanto estou satisfeito. Em uma escala de 0 a 10, me considero em um nível 4 de conhecimento sobre economia e finanças. Não sou um retardado, nem um especialista. Com esse (pouco) conhecimento já consegui trabalhar tranquilamente na interface do home broker da Easy, que é bem intuitivo por sinal.

Atenção, esse post não é um publieditorial.

E os investimentos que estavam na Itaú Corretora?

Quando mudei de corretora, uma dúvida me surgiu: o que fazer com meu dinheiro que está na Itaú Corretora? Deixar lá? Transferir para a Easy? Sacar?

Pesquisei a respeito e vi que a melhor opção era deixar quieto lá mesmo. Se eu transferisse, eu poderia ter gastos com a transferência, além de poder perder dinheiro por sacar antes do vencimento.  Caso eu somente sacasse eu também correria o risco de perder grana. Como eu sou um adepto ao “quanto menos dor de cabeça, melhor” eu optei por deixar quietinho lá até o vencimento. Sem problemas. Começaria na Easy desde o início.

Como estão divididos meus investimentos nas Corretoras?

No dia da publicação deste post, fazendo uma conta rápida notei que tenho 25% do meu patrimônio na Itaú e 75% na Easy. Obviamente esse número mudará conforme os aportes, até chegar na relação 0-100% (no dia que os títulos da Itaú vencerem).

Corretora
Gráfico idiota que coloquei apenas para ilustrar, pois a informação está no parágrafo acima. Palavra-chave: corretora

Existem mais corretoras boas?

O número de investidores do mercado financeiro aumentou demais nos últimos tempos. Isso refletiu diretamente na criação de mais e mais Corretoras, o que é bom, pois a concorrência aumenta a qualidade.

Já ouvi muito falar da XP Investimentos, que é a maior do Brasil. Não conheço suas taxas e nem entrei no site. Mas tá aí uma boa opção para você que ainda está na dúvida de qual Corretora escolher.

Conclusão

Pessoal, pesquisem bastante antes de abrirem sua conta. No geral, todas as corretoras são boas e tem suas vantagens. Mas sempre há um diferencial. Decida qual investimento você vai focar e contrate aquela que tem a menor taxa para ele.

Abraço

 

CompartilharTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

8 Comentários

  • Cowboy Investidor (#)
    24 de março de 2017

    Olá MP,

    Eu tenho conta na Rico, Easynvest e Mycap.

    Tenho alguns Títulos do TD na rico, mas depois comecei aportar pela Mycap porque as taxas lá são bem mais baratas para RV, aporto no TD por lá também. Decidi concentrar todos meus investimentos só numa corretora.

    Vamos fazer uma parceria, adiciona meu blog no seu blogroll e assim eu adiciono seu no meu.

    https://cowboyinvestidor.blogspot.com.br/

    Abraços.

    • Editor Poupador (#)
      24 de março de 2017

      Olá Cowboy!

      Também prefiro concentrar em uma só corretora.

      Já tá add no meu blogroll, add lá no seu!

      Abs

  • Enriquecimento Progressivo (#)
    24 de março de 2017

    Olá, MP,

    No começo, a gente acaba meio perdido mesmo e acaba perdendo um pouco de dinheiro com essas taxas. Eu tive, durante muito tempo, uma previdência privada pelo Bradesco que cobrava taxa de carregamento absurda de uns 5% ao mês, além de taxa de administração anual também alta.

    Quando resolvi entrar na RF, pesquisei bastante e fiquei na dúvida entre a Easynvest e XP, mas acabei optando pela Easynvest por ter uma plataforma mais intuitiva, como você mesmo disse. Além disso, acho que eles acabam sendo mais imparciais, a XP ficava me ligando querendo influenciar, de alguma forma, nos meus investimentos.

    Abraços.

    • Editor Poupador (#)
      24 de março de 2017

      Olá EI!

      Já ouvi falar que a XP realmente fica dando dicas… agora se é bom ou ruim não sei heheheh

      Valeu pelo comentário!

      Abs

  • NooB Investidor (#)
    24 de março de 2017

    Olá MP

    É bem simples a transferência de títulos do Tesouro entre Corretoras (que são Agentes de Custódia). O único custo que você vai ter é reconhecer firma e enviar pelos correios um formulário (SVTM) que vc solicita na corretora de origem. Depois é só aguardar e pronto. Não há resgate dos títulos (com pagamento de IR ou impostos/custos decorrentes), apenas transferência de custódia.

    Acho mais interessante realizar o procedimento para não pagar a taxa de administração do Itaú (salvo engano é de 0,5%) se seus títulos tiverem um vencimento longo (ira pagar constantemente).

    A Easynvest é bastanta procurada pra Tesouro Direto e apesar da plataforma meio bugada, atende aos objetivos.

    Abraços

    • Editor Poupador (#)
      24 de março de 2017

      Noob, seu comentário foi valioso, obrigado.

      Não sabia que era simples assim! Bom saber!

      Abraço e obrigado pela visita.

  • Frugal Simple (#)
    25 de março de 2017

    Prezado amigo blogueiro,

    Achei que apenas uma edição em inglês iria deixar de receber muitas pessoas no Brasil que não conseguem ou não querem ler em inglês. Como eu disse por lá o foco é publicar em inglês, mas para não deixar muitas pessoas na mão e dependendo do Google Translate achei por bem deixar as cópias em português brasileiro também.

    A cópia em português ficará no Blogger, com a url http://frugalsimples.blogspot.com.br Veja que na versão em português temos um “S” a mais para deixar a URL também em português.

    As futuras atualizações do frugalsimple.net também estarão disponíveis em português via blogspot.com.br

    A versão em português será um pouco mais enxuta e com menos fotos para otimizar para celular e conexões mais lentas e economizar dados do leitor, mas o conteúdo escrito será o mesmo. Sinta-se a vontade para comentar em qualquer um dos dois. Seu blog consta em ambos os blogrolls.

    Se preferir fique a vontade para add o http://frugalsimples.blogspot.com.br no seu blogroll também.

    Grande abraço!

    Frugal.

    • mestrepoup1 (#)
      25 de março de 2017

      Olá amigo Frugal!

      Tranquilo, cara. Já te add no meu blogroll!

      Boa sorte!

      Abs