Contas digitais: como economizar com sua conta corrente


Olá amigos,

 

quanto vocês gastam com a manutenção de sua conta corrente por mês? R$30,00? R$100,00? Vocês acham que isso vale a pena? Quantos TED vocês fazem por mês? Usam muito extrato impresso?

Vocês que me perdoem, mas é muito provável que vocês estejam dando (mais) dinheiro ao seu banco, sem obter nada em troca.

 

O que são as taxas bancárias?

São os valores que os bancos cobram dos seus correntistas para manutenção da conta. Geralmente é entre R$30,00 e R$150,00 por mês. Além dos valores cobrados em outros serviços, como TED e o DOC.

Contas digitais: use-as.
O preço das contas tradicionais? Ah, pode ir de R$30, R$40, até o infinito…

Para quem precisa utilizar muito a agência e realmente precisa do suporte do gerente, as contas corrente tradicionais ainda é a melhor opção.

Mas para quem praticamente não vai ao banco (meu caso), faz tudo pelo Internet Banking e nem sabe quem é o gerente, sua solução pode ser abrir uma conta digital.

O que são contas digitais?

Contas digitais são contas correntes sem tarifas. São contas que não te roubam certa quantia de dinheiro todo mês, com a desculpa de “manutenção da conta”. Elas são feitas para serem usadas pela internet e caixa eletrônico. A maioria, senão todas, das funcionalidades são gratuitas, por exemplo o TED e o DOC. Esses tipos de transferência bancária são cobrados nas contas comuns. Nas contas digitais são grátis e ilimitados.

A principal diferença da conta digital para a conta tradicional é que na primeira você faz tudo pela internet e dispensa o uso do gerente (o que dá menos despesa ao banco).

Como abrir minha conta digital?

Parte difícil. Por ser uma conta GRÁTIS, ela não dá lucro ao banco. E por não dar lucro ao banco, os gerentes dificultam ao máximo a criação da conta.

O que você pode fazer é olhar no site do banco qual a documentação necessária e já deixar tudo preparado. Caso no site do banco já tenha um formulário para preenchimento prévio, preencha-o também. Já chegue na agência sabendo o que quer e o que vai falar.

“Mas nós temos essa conta aqui super especial, feita para você, com esse tanto de vantagem, e ainda te dou um pacote de M&M’s… tudo isso por R$39,90 mensais somente!” – Seu gerente bonzinho

“Não, obrigado. Eu quero abrir uma conta digital.” – Você, o poupador.

Contas digitais: que tal sim?
Você sendo delicado com seu gerente, se esquivando das contas pagas e aderindo às contas digitais.

Embasamento jurídico

Pessoal, vocês acham que os bancos se reuniram e falaram: “Somos tão bonzinhos né, vamos abrir contas digitais para o pessoal!”?

Claro que não.

Isso foi um golaço do Comitê Monetário Nacional, que meio que obrigou a todo banco ter a opção de contas sem tarifas.

Foi em 2011, tá aqui ó.

Conclusão

A conclusão que podemos chegar é: vá ao banco abrir sua conta digital. Pare de pagar mensalidade para aquilo que você não usa (eu sei que você não faz 7 TED por mês, nem tira 3 extratos impressos por mês).

Como eu disse acima, se você sabe o nome e o sobrenome do seu gerente, vai lá toda semana pedir alguma coisa, fique na conta tradicional. Fora isso, vá para a conta digital e economize uma boa grana por ano.

Economia

Na última vez que tive uma conta paga, era R$30,00 por mês e foi ano passado (cancelei rapidamente).

Logo,

R$30,00 ao mês dá R$360,00 ao ano.

Com a conta digital, será R$0,000 ao ano.

Economia de 100 fucking porcento.

 

Vão correndo no banco. Abre a conta e posta aqui pra gente saber se deu certo.

 

Até a próxima!

 

Um brinde aos correntistas digitais!
CompartilharTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone