Comentários sobre “Os axiomas de Zurique”


Olá amigos,

 

no post de hoje irei falar um pouco sobre o livro “Os axiomas de Zurique”.

Dizem que esse livro é bibliografia básica nos cursos de Economia. E realmente é bacana.

Um dos principais livros para se introduzir no assunto.

O livro é dividido em doze Grandes Axiomas e conta também com alguns Axiomas Menores. Não vou dividir o post em Axiomas, pois não quero dar spoiler (rs), mas vou comentar o que achei mais interessante e anotei para recordar sempre.

Dos Riscos

É preciso arriscar, apostar, assumir os riscos e saber administrá-los. O mercado financeiro é um ambiente caótico e quem busca serenidade e estabilidade não se dá muito bem. Arriscar faz bem! Arrisque sempre dinheiro que você não precisará.

Da Segurança

Deve-se sair da zona de conforto. Para ganhar dinheiro é preciso se aventurar no mundo das finanças. Não pode buscar a segurança financeira sempre.

Do Equilibrista

Diversifique, mas não muito.

Muita gente diz que não é bom “colocar todas os ovos na mesma cesta”. O livro fala o contrário. Você deve sim diversificar, mas não muito. Poucos títulos lhe dão um maior controle. O livro faz uma analogia com o equilibrista.

Da Ganância

Não tente tirar o máximo de uma ação. Quando notar que ela já chegou ao pico, venda. Controle sua ganância. Quando ganhar o suficiente, venda a ação.

Do Barco

Quando o barco começar a afundar, abandone-o. Venda a ação se o preço cair entre 10 a 15% do pico enquanto com você. Alguns conceitos interessantes que aprendi nesse tópico são:

  • Stop Loss: quando você programa o home broker para vender a ação quando ela atingir determinado preço. Usado para evitar uma perda maior.
  • Stop Gain: quando você programa o home broker para vender a ação quando atingir determinado preço. Usado para evitar perdas.
  • Start: quando você programa o home broker para comprar uma ação quando ela atingir determinado preço.

Das Previsões

Não acredite em previsões, o mundo do mercado financeiro é caótico. É praticamente impossível prever a alta das ações.

Da Fórmula

A fórmula secreta para se ganhar dinheiro na bolsa não existe, padrões não existem.

Do Jogador

Não caia na “Falácia do Jogador”. Frases como “hoje é meu dia de sorte” são apenas motivacionais e de esperança. Isso não existe.

Das Raízes

Não fixe raízes. Não se apegue às ações que você tem. Se ela começar a cair, venda.

Dos Palpites

Palpites só são aceitáveis quando possam ser minimamente explicados. Os palpites sem nenhum fundamento devem ser descartados. Só acredite no palpite quando ele possa ser racionalmente explicado.

Do Sobrenatural

Hoje eu sonhei que ganharia

Não misturar dinheiro com o sobrenatural. Tarô, horóscopo, etc só servem para iludir e enganar. Raramente a pessoa dá sorte e a “previsão” bate com a realidade. Mas na maioria da vezes isso não acontece.

Do Otimismo

O profissional não tem otimismo, tem confiança (que foi construída com pessimismo). Confiança é sempre querer o melhor, mas saber lidar com o pior.

Otimismo demais cega.

Do Consenso

Não acredite cegamente nos outros. Pense com sua própria cabeça, tome suas próprias conclusões. A maioria nem sempre está certa.

Da Teimosia

Se você perdeu dinheiro com uma ação, não insista nela novamente para tentar “recuperar” o dinheiro perdido.

Do Planejamento

O futuro não está sob controle. Não invista a longuíssimo prazo acreditando ser a solução dos seus futuros problemas financeiros. A moeda pode mudar, o mercado pode quebrar. Várias coisas podem acontecer. Não confie no futuro.

 

Conclusão

Pessoal, essas anotações aí são o que consegui extrair do livro, que irá me ajudar nos meus estudos e nos investimentos.

Não quis colocar detalhes demais justamente para motivar vocês a lerem.

O próximo livro que pretendo resenhar aqui é o Rápido e Devagar, as duas formas de pensar.

Até a próxima!

CompartilharTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone