Artigo convidado: Consistência


Se você misturar uma parte de cimento com uma parte de cal e seis partes de areia e depois aos poucos ir adicionando água você criará uma massa homogênea, plástica (no sentido de ser passível de modelagem) que poderá ser utilizada para assentar tijolos. Se o seu objetivo é estruturar uma parede a proporção dos ingredientes deverá ser outra, colocando menos areia por exemplo. Ainda se você pretende fazer o revestimento de interiores ou exteriores deverá optar por uma proporção diferente. Para o interior poderá fazer um massa mais macia enquanto que para o exterior esta será mais áspera. O profissional responsável por construir sabe a mistura correta a ser aplicada para cada finalidade. Essa mistura precisa de água, pois a água tem a capacidade de homogeneizar essa concentração dotando-a de potencial para cumprir seu trabalho.

Silvrback blog image

Porém se você deixar essa massa por 30 ou 40 minutos sem utilização ela poderá ressecar e não ser útil. Por outro lado, a partir do momento em que você começa a aplicar essa pasta ela se moldará ao formato desejado ou necessário e aos poucos irá se solidificar.
De qualquer maneira você terá em mãos uma massa com consistência. Consistência é o estado daquilo que é consistente, daquilo que possui firmeza e que possui estabilidade. No sentido figurado, entende-se consistência como a característica do que é dotado de regularidade e perseverança. É também consistência o estado de um líquido que tende ao sólido, por exemplo.

No caso da massa de cimento, a partir da mistura dos materiais certos e nas proporções necessárias se consegue uma solução pastosa (que está além de líquida) que tende ao sólido. Aliás ela irá se solidificar com o tempo pois a partir do momento que for preparada deverá ser utilizada e aplicada pois irá aos poucos se tornar mais forte. Mas o incrível aqui é que ela poderá se moldar conforme necessário pois poderá ser aplicada para unir tijolos, estruturar um piso ou até mesmo preencher um espaço vazio.

Nós também podemos ser consistentes através da regularidade. É com a regularidade que se constrói o hábito e é você que decide o tipo de hábito que pretende cultivar nos próximos anos. Sendo mais pragmático, é possível reservar parte do seu dia para aperfeiçoar suas habilidades profissionais e pessoais. Uma boa medida para se começar é usar 1 hora do seu dia no momento que mais lhe convier, seja logo pela manhã antes de iniciar o labor, na hora do intervalo do almoço ou ao chegar em casa após as obrigações do dia. Mas que esse tempo seja seu momento diário de estudar, planejar o dia seguinte, ler algumas páginas de um bom livro e construir. Pense que essa regularidade de estudo e dedicação diário é o que se faz necessário para que a massa de cimento fique consistente. Essa preparação diuturna que você pode começar hoje (hoje pode ser o dia zero de sua preparação, não acha?) vai te dar lastro suficiente para se fortalecer assim como a massa de cimento também fica mais forte depois de um tempo.

Além disso ao procurar se informar, estudar bons livros e fazer cursos e treinamentos te darão a maleabilidade necessária para se adaptar e se moldar para diferentes situações. O aprendizado de um novo idioma, por exemplo, não acontece da noite para o dia mas leva alguns anos ou décadas e possui ainda a característica de “enferrujar” se não for usado ou praticado. Mas a partir do momento que se volta a exercitá-lo esse retorna muito mais rapidamente, como se as ligações cerebrais necessárias já tivessem seu caminho feito bastando agora este caminho ser redescoberto. E, retornado o raciocínio, esse novo idioma é um exemplo de conhecimento que poderá ser usado para uma série de coisas no âmbito profissional ou pessoal.

Mesmo sabendo dessa necessidade de trabalhar (e se trabalhar) diariamente com consistência por quê não são todos que fazem isso? É porque é difícil, é duro e causa dor. É mais fácil ligar a TV que ler um livro. É mais fácil ver novela que assistir um curso online. É preferível folhear a revista X que estudar matéria da escola. A tendência do homem é fugir da dor e procurar o prazer. A pirâmide de Maslow já mostrava que as necessidades fisiológicas são a base da pirâmide e dessa forma a sua falta de sono tende a ser mais forte que as necessidades de estima ou realização pessoal que estão no topo da pirâmide. Mas é aí que se faz necessário enxergar longe, olhar para o horizonte e entender que seu objetivo (seja qual for ele) é construído nas horas que você faz escolhas inteligentes. Você está um passo mais perto de concluir sua faculdade a partir do momento que você desliga a televisão e vai escrever seu TCC. Você está um passo mais próximo de uma melhor colocação profissional e consequentemente um salário melhor e possibilidade de trazer mais conforto para sua família a partir do momento que decide ficar acordado um pouco mais e estudar uma tecnologia nova ou dominar de uma vez aquele programa específico de computador que você precisa diariamente.

Eu particularmente não acredito em soluções motivacionais vazias mas acredito que o ser humano, dotado de raciocínio, é capaz de fazer essas escolhas inteligentes e cimentar seu futuro.

O cimento leva 40 minutos para ficar forte. Uma faculdade leva em média 4 anos. Dominar um instrumento musical leva isso até algumas décadas. Mas não importa o tempo que leve, o que importa é que se você não se exigir a consistência necessária para se se melhorar não será capaz de modificar sua situação atual. A Teoria Geral dos Sistemas, preconizada por Ludwig von Bertalanffy, explica que os sistemas podem sofrer influência de forças externas além das forças internas. Você não é capaz, pelo menos não de forma prática, influenciar a queda de juros ou baixa de preços dos combustíveis mas você é capaz de atuar internamente em seu microsistema utilizando menos o carro e se policiando para comprar somente o necessário.

De forma análoga, você não é capaz de aumentar seu próprio salário diretamente mas é capaz de de especializar, aprender mais, ficar mais forte e sólido como o cimento que une os tijolos da parede de sua casa, e consequentemente melhorar seu salário seja na mesma empresa ou em outra.
Ótimo, mas isso começa quando você separa uma parte do seu dia para isso. Isso começa quando você prefere o livro à TV. Isso começa quando você passa a ter consistência.

 

Fonte: http://www.baciotti.com/consistencia

CompartilharTweet about this on TwitterShare on FacebookShare on Google+Share on LinkedInEmail this to someone

4 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.